domingo, 28 de setembro de 2014

Nota mental

Na próxima semana:

- Voltarás a treinar após a pausa forçada, vai custar, vai doer, mas vai valer a pena
- Não procrastinarás tarefas
- Vais arranjar tempo para ir ao cabeleireiro

Se cumprir estes objetivos já me dou por satisfeita

quarta-feira, 17 de setembro de 2014

A wishlist de Outono

Quem me conhece bem sabe que realmente é preciso andar a levar com chuva com fartura para que me ocorra sequer falar de Outono ou agasalhos, é que é coisa que eu pura e simplesmente detesto, por mim vivia num pais onde estavam sempre trinta graus e os casacos eram para esquecer. Detesto frio e chuva. Mas tenho de me render ás evidências, de manhã já saio de casa sem sol e está a aproximar-se, se bem que no fundo no fundo ainda tenho a secreta esperança de voltar a esticar-me na areia a apanhar sol.
Seja como for estes dias serviram-me para fazer uma especie de wish list de coisas que quero para a próxima estação fria. Decidi que vou ser bastante comedida na questão quantidade, vou comprar menos mas vou comprar melhor, com consciencia e qualidade, não comprarei nada que não goste mesmo. Mas estas são as coisas que me fazem mesmo alguma falta.
 
Um sobretudo, aliás na verdade serão dois, o meu preto está a pedir reforma com alguma urgência e precisa mesmo de ser substituido. Um sobretudo camel também é um desejo que já vem do ano passado, mas nunca apareceu "o tal" por isso pode ser que seja desta.
 

O preto pode ser parecido com este, simples e versátil, o sobretudo preto deve ser a a peça que eu mais visto no tempo frio.


 
O camel tem aquele encanto, tem a versatilidade das cores neutras e é uma excelente forma de cortar o excesso de cores escuras que eu costumo usar.
E minhas queridas se eu posso dar-vos algum conselho que se aproveite é este, por favor não comprem maus sobretudos, nunca se esqueçam que no tempo frio esta é a peça que mais vão usar, é aquela que mais exposta está, e em muitos dias é a única que voçes vão ter á mostra. Um mau sobretudo arruina qualquer look, e não pensem que não se vê quando são "manhosos" porque se vê e a milhas de distância!!
 
Também preciso de uns botins novos, rasos porque a calçada lisboeta não permite muitas aventuras, e pretos de preferência. Estes não são pretos, mas são muito versáteis e foram um caso sério de amor á primeira vista. O que é que eu hei de fazer??? Sou uma fraca!
 
 

Preciso também de uma carteira preta nova, não vou pedir a antigonazinha (porém se quiser vir podemos ser felizes juntas) mas não quero nada que não seja em pele. Há uns anos atrás decidi que não voltaria a comprar carteiras que não fossem de boa qualidade, teria menos mas mas teria muito melhores. Deve ter sido uma das melhores coisas que fiz, longe vão os tempo das Parfois e outras do género, não tenho nada contra e acho que até tem coisas muito engraçadas por lá. Mas os maus materiais só estão bonitos quando estão novos, depois aquilo começa a ficar sem ponta por onde se lhe pegue. Já uma boa carteira envelhece muitissimo bem, se soubermos escolher é intemporal e dá o toque de sofisticação que qualquer look precisa.
 
Preciso de mais coisas?? Ah seguramente, mas estas são aquelas que têm sinal de prioridade e são aquelas que eu me vou esforçar para escolher bem sem me desviar muito para outros lados, o que não vai ser dificil, vai ser hercúleo!!!


 
 
 

 

quarta-feira, 10 de setembro de 2014

O baptizado

Tenho um baptizado no final deste mês e este é para mim um verdadeiro desafio de styling, os baptizados estão para os eventos como o mês de Outubro está para o clima, não é carne nem é peixe. é aí mesmo que reside a dificuldade. São um pouco mais formais que um normal dia de trabalho, são um pouco menos formais que um casamento, como há cerimonia religiosa envolvida um pouco de decoro irá cair bem, final do mês de Setembro é uma carta fechada tanto pode estar um dia de Verão como um igual ao de hoje (onde galochas até dariam algum jeito).
Ora isto já são muitas variáveis, e eu não faço a mínima ideia de que raio vou eu vestir, e raio vou eu oferecer pois sou do mais inexperiente que há no assunto presentes de baptismo.

Dilemas dilemas!!!!!!

Um dia volto a escrever no blogue ;)


HOJE É O DIA!!!

segunda-feira, 9 de junho de 2014

As músicas que eu gosto





Eu não conhecia os Arcade Fire, eu sei que eles são cool e tal mas a verdade é que a malta não conhece tudo, mas antes tarde que nunca.

Quando os ouvi gostei, e gostei mesmo porque achei que era mesmo qualquer coisa diferente, eu não sei se eles são uma banda rock ou pop ou sequer se podem ser integrados numa categoria estanque. Mas eu gostei ;)





quarta-feira, 21 de maio de 2014

Os Globos, ou as fatiotas dos Globos

Então não falávamos nas fatiotas da malta nos Globos de Ouro? Pode ser uma passadeira vermelha bem pobrezinha quando comparada com uns óscares ou uns Golden Globes, mas é o que temos por isso bora lá ver o que a malta vestiu.
A boa noticia é que podem ir comprar roupa á Veste Couture á vontade porque me pareceu que este ano emprestaram muito menos do que é habitual, a má é que achei a passadeira fraquinha fraquinha, e havia muito cabelo mau.
Não nos alonguemos muito mais que tá na altura de começar a ver os vestidinhos.
 
Os meus preferidos
 
 
Gostei muito deste vestido da Liliana Santos, é o tipo de vestido que inspira classe sem ser demasiado conservador, confesso que fiquei positivamente surpreendida com a escolha. O cabelo e make up também estão bons.
 
 
Também gostei muito desta escolha da Núria Madruga, este é mesmo o meu preferido. Talvez mudasse a clutch que acho um pouco pesada para o visual. Estava muito bem.
 
Agora vamos lá mudar o tom disto para uma espécie de categoria chamada: Não chores que para o ano há mais!
 


 
Deus sabe o quanto eu costumo gostar das escolhas do Cláudio Ramos, mas desta vez não dá mesmo. Como a gala era no coliseu ele deve ter achado que ia para o Circo de Natal que por lá costuma haver, é normal com esta meteorologia a malta até se confunde. Ele lá achou que era para ir vestido de mágico, podia ser pior. E veludo em Maio??? Como é que alguém que escreve um livro sobre estilo veste uma capa de veludo em Maio????
 
 
Esta senhora que ninguém sabe quem é (eu incluída) faz parte da família Balsemão, o que significa que deverá ter contactos suficientes para arranjar qualquer coisinha melhor que isto. Atentem no cinto, lindo não é? Depois vem a parte de baixo do vestido que não deixa nenhum vestidinho do chinês atrás, depois temos o comprimento que é mau em si e é mau porque deixa ver as piores sandálias possíveis. Muito mau.
 
 
E esta sacazinha de batatas hã?? Gira com cor, eu diria até mesmo fashion com o color blocking na bainha e o pormenor dos ombros que me remete para tourada em Sevilha. Quando comia hidratos de carbono não se vendiam em sacas assim!! O penteado também ajuda zero.
 


 
A boa noticia é que o Ângelo finalmente aprendeu a escolher roupa do número certo, antes tarde que nunca. A Iva faz parte do grupo (por sinal muito grande) que achou que este era o ano do vestido de renda preta, nunca se viu tanto vestido de renda preta numa só noite! Estavam em saldo? Também tenho sérias dúvidas com a transparência da renda, acho que lhe retira alguma elegância. E lá está mais um mau penteado, alguém me pode explicar porque raio insistem naquele apanhado risco ao meio colado á cabeça???
 
 
O vestido até nem é assim mau de todo, mas parece que a Cláudia leva quilómetros de tecido em cima e ela parece ser engolida por todo ele. O cabelo devia estar apanhado porque a está a encurtar muito, o pescoço devia estar mais descoberto. As costas deste vestido eram giras, mas se querem que vos diga quando os vi tive uma espécie de dejá vu do vestido que Lupita Nyongo usou nos Golden Globes.
 
 
As costas deste vestido eram muito bonitas, no entanto a frente é uma saca de batatas. Isto nem parece um vestido na Micaela Oliveira. E a Diana Chaves costuma estar bem melhor.
 

 


O cabelo do José Fidalgo é das piores coisas que por lá passaram. Ainda se lembram do tempo em que o José Fidalgo era giro? Eu lembro. Ohh tempo volta para trás!!!
 
 
Oceana com tudo de fora. É assim mesmo rapariga!!! Isto é tudo para se ver! A Oceana é uma mulher tão bonita que perdeu neste caso porque usou tudo, racha enorme, decote (que é maior do que se vê aqui). O penteado é o que Charlize Theron usou há uns anos nos Golden Globes.
 
 
Vamos quiero bailar la salsa!! La la la
 

 
Serei só eu a achar que este vestido envelhece a Sofia Cerveira dez anos?? Quando a vi na tv achei que a fazia um bocado matrona.
 


 
Tudo mau. Vestido mau com excesso de informação, ele é folhos com rendas com transparência, ali só ficou mesmo a faltar as lantejoulas. A clutch não é nem para o vestido nem para a ocasião e o cabelo tá giro para ir ali ao piquenicão do continente no Terreiro do Paço. Foi um dos piores visuais da noite.
 
Havia mais incidentes de mau gosto, mas eu não vos posso mostrar todos. Está difícil conseguir boas fotos, e como a lista de coisinhas más é grande acho que ia estar aqui a escrever posts durante uma semana. Também havia mais alguns giros (nada de cortar a respiração) a Ana Sofia da MTV estava gira, a Jani também, mas sempre num giro que não nos arranca suspiros.
 
Acho que de um modo geral a nossa passadeira vermelha sente falta de profissionais de styling. Mas não faz mal, para o ano há mais!
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 

domingo, 11 de maio de 2014

Os meus padrões favoritos

Se quisesse ser muito cool diria os meus prints preferidos, mas como eu não tenho esse coolness todo digo mesmo assim em bom português.
Eu não sou uma pessoa de usar padrões, ou melhor não sou pessoa de variar muito nos padrões que usa, pode aparecer um ou outro que volta e meia me agrade numa peça ou outra mas isso é raro. Na verdade eu sou super fiel a uns quantos que são os meus preferidos, independentemente de estarem na berra ou não, até porque estão sempre em eterno come back.
Dentro dos mais consensuais estão as bolas e as riscas, porém bolas não demasiado grandes e sempre naquele look um pouco mais retro, as riscas (para mim claro) sempre em azul e branco num look mais navy. Se falarmos em variações de cor eu já começo a torcer um bocadinho o nariz, mas não direi nunca. Se as "bolinhas" dispensam qualquer apresentação porque estão um pouco por todo o lado, as riscas "marinheiras" não lhe ficam muito atrás, quem não tem uma sweat destas?
 
 
Se não têm deviam ter, porque é um básico super versátil que oferece tantas mas tantas hipóteses de coordenar que vão lamentar muito não ter comprado antes. Trust me on this one.
Agora vêm os menos consensuais. Acho que sou apaixonada pelo padrão pied de poule desde que me entendo por gente, acho-o eterno. Não estão a ver qual é? É este.
 
 
Ah e tal é coisa de velha (como já ouvi) blá blá blá wiskas saquetas, não é coisa de velha nada, é fácil de coordenar e fica lindo especialmente no Inverno. Este vestidinho da Gwen Stefani era menino para m fazer bem feliz, e o sobretudo maravilhoso que vêm um pouco mais abaixo dá logo o up que os nossos coordenados de Inverno precisam.
 
 
Menos consensuais ainda são os padrões animais, há quem goste muito e há quem deteste. Eu gosto muito, no entanto estes têm de ser usados com cautela pois resvalam para o vulgar com alguma facilidade, no entanto quando bem usados dão interesse imediato a um outfit mais enfadonho. São eles o tigresse, o padrão zebra e o piton. Por serem dos mais interessantes tornam-se mais perigosos, é necessário ter em atenção o material do qual as peças são feitas, o fitting e a quantidade de padrão que estamos a usar, se estas três questões não são tidas em conta o look vai acabar por resultar vulgar.
Em primeiro lugar o material, nada de poliéster manhoso ou lycras foleiras (com essas não há salvação possível) se queremos usar um print animal temos mesmo de escolher materiais nobres, uma outra dica preciosa é usar o print na sua cor original, não há como salvar um tigresse rosa. Depois vem a questão do fitting, nada de peças demasiado coleantes ou curtíssimas com um decote até ao umbigo pois o excesso de pele vai acabar num look com um ar muito vulgar. Last but not least não usar o vestido + o casaco + os sapatos e sei lá mais o quê tudo com padrão animal, ficamos com excesso de informação e isso nunca é bom.
Sei que existem muitas pessoas que acham que é impossível usar este tipo de padrão com alguma classe e estilo, eu discordo.
 


 
Algum destes looks vos pareceu vulgar? Pois, é uma questão de saber usar, nada mais. As mesmas regras podemos aplicar ao padrão zebra e ao piton.
 




 
E vocês qual é o vosso print favorito?
 
 
 






 
 
 
 

quarta-feira, 30 de abril de 2014

Forgive and Forget

Este post é uma espécie de redenção, para encerrar de vez (assim eu espero) um assunto na minha cabeça.
Este domingo tive uma corrida,  10Km sem grandes dificuldades, seria uma corrida básica  que não seria assim tão diferente de uma corrida de domingo de manhã. Ou pelo menos foi aquilo que eu pensei. Muito diferente daquilo que efetivamente aconteceu.
Por circunstancias médicas fui obrigada a parar de treinar durante três semanas, pode parecer pouco mas não é (eu é que achava que era), como se não bastasse estava sem correr há uns meses. Isto é tudo muito lindo, mas na altura o consolo que me deu foi zero.
A prova correu-me mal, muito mal mesmo. Comecei bem, com uma boa passada e a sentir-me bem, achei que aquilo ia correr bem ou pelo menos assim parecia, mas ao sexto quilometro a coisa começou a ficar francamente má. Primeiro uma dor muscular perto da virilha que me fez parar a primeira vez, volto a correr (bem mais devagar) mas a dor agudiza-se e percebo que tinha mesmo de andar até recuperar, até ao final fiz mais três paragens, estava furiosa, com dores, e para melhorar ainda mais deviam estar uns trinta graus. Estava tão chateada que nem vi o tempo na meta.
Quando saíram as classificações afinal o quadro até nem era assim tão mau, fiz a prova em 54 min com um pace médio de 5.28, o que significa que até ao sexto quilómetro devia ir com um pace muito bom. 
E isto é que foi mesmo complicado de gerir, eu sempre tive muita sorte com lesões, nunca me lesionei a treinar ou a correr mesmo nas condições mais adversas, já corri uma meia maratona sem treino, com ténis estreados naquele dia e mesmo assim não me lesionei, é o que vos digo sempre tive muita sorte. Não estava á espera de me lesionar naquela corrida tão básica, não estava preparada para aceitar uma prova correr mal e fazer um mau tempo. Não estou habituada a ficar para trás, não gosto de ficar para trás, mas foi assim que aconteceu e eu fiquei piursa comigo mesma.
Estupidez eu sei, as lesões acontecem e as más provas também, faz parte e há que aceitar isso com naturalidade. Agora é encerrar este assunto na minha cabeça e desculpar-me pela bodega de prova que fiz, há de haver outra.
 
 
  
 

quinta-feira, 24 de abril de 2014

My Precious....

Existem alturas em que acho que até é bom haver uma série de marcas que não chegam a Portugal, claro que poderíamos resolver o assunto online mas o facto de não existir hipótese de confronto visual já é muito bom, sobretudo para a nossa carteira. Thank God que não tenho nenhuma viagem que me fizesse entrar em alguma loja que vendesse sapatos Tory Burch, porque minhas queridas não sei não...
 





AHHHH só consigo pensar como estas queridas de seu nome Bernardette Flats ficariam tão mas tão bem com tanta coisa que eu tenho, my precious...
Na foto de cima não se dá assim muito por elas, mas olhem aqui calçadas...
 
 

 

quarta-feira, 23 de abril de 2014

Dica grátis!

Antes de mais deixem que vos diga que:
- Não como um único doce há 48h
- Voltei a beber batido proteico hoje
- Bebi cerca de 2l de água ontem e hoje a coisa está bem encaminhada
- Fui treinar e fiz drenagem linfática
 
Nada mau pois não??? Pois, mas não foi isto que nos trouxe aqui. Eu é que estou toda satisfeita com este meu acesso de disciplina. O que me traz aqui hoje é a necessidade de dar uma dica assim porreira e melhor ainda, gratuita. Esta dica ocorreu-me após alguns dias de estudo das fatiotas do pessoal no metro de lisboa, e apesar de não ser profissional da coisa existem coisas que são tão mas tão básicas que toda a gente sabe, ou não.
Falo de roupa que pelos materiais de que é feita torna-se especifica de uma determinada estação do ano. Se uns jeans ou uma tee são algo transversal a todas as estações do ano, há outras coisas em que não é bem assim. Passemos aos exemplos práticos, muito tenho eu visto o blazer de veludo com calças primaveris ou até uma sandalinha.
 
Dica: O veludo é um dos materiais mais ricos que normalmente são destinados ao guarda roupa de Inverno, quem diz o veludo diz a caxemira, diz as botas UGG, e os sobretudos. Por isso quando usamos este tipo de peças elas têm de fazer parte de um coordenado que faz algum sentido.
Olhem lá para a Blair e digam lá se isto não faz sentido, a mana Kardashian idem.
 

 
E tal como existem peças de Inverno, existem também materiais que são por excelência matéria prima para roupa de estação mais quente. Um dos exemplos mais comuns é a camisa de linho, veem alguém usar peças de linho em pleno janeiro? Pois... volta e meia veem mas não deviam. Aliás se assim fosse eu não estaria a escrever este post, porque minhas lindas o que eu vejo por aí. É calças de mlinho com botas de pelo, é blazers de veludo com saia primaveril e sandálias, muito lindo, esta altura do ano é rica em pérolas destas.
Eu sei que muitas vêm logo com aquela conversa de ah e tal cada um usa o que quer e tal, pois sim é verdade, no entanto se a figurinha for um bocadinho triste não digam que não avisei. Ou então deixem lá isso, que uma pessoa ás vezes vai ali no metro sem nada para fazer e precisa de entretenimento.